Enxaqueca no trabalho: como evitar com 5 dicas?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
enxaqueca

Como é sabido, existem muitos problemas de saúde que impactam a vida das pessoas. As dores de cabeça, por exemplo, são um problema muito comum. No entanto, elas podem evoluir para crises de Enxaqueca, que costumam ser ainda mais dolorosas.

Em uma rotina cada vez mais corrida, cuidar da saúde é indispensável. Mas, pode acontecer de muitas pessoas acabarem deixando essa questão para depois, o que gera uma série de problemas. 

Diante de tudo isso, vale abordar de maneira especial uma questão de saúde que impacta muita gente, que é a dor de cabeça. Ela ainda pode se tornar uma enxaqueca, que é ainda mais grave.

Para ilustrar esse cenário de modo detalhado, a Sociedade Brasileira de Cefaleia fez uma pesquisa com a população e obteve dados bastante relevantes sobre dor de cabeça.

Ali, pode-se levantar que 95% das pessoas sentirão dores de cabeça durante a vida. Outro dado revela que 70% das mulheres e 50% dos homens relataram sentir dores de cabeça ao menos uma vez por mês.

Uma razão muito comum para esse tipo de situação é a rotina estressante de trabalho, na qual muitos profissionais estão expostos continuamente. 

Dessa maneira, tal como se realiza tratamento de piso de concreto para melhorar as condições dele, é fundamental que as pessoas que sentem dores de cabeça que evoluem para enxaqueca possam buscar auxílio para resolver o problema. 

Além disso, para evitar que esses episódios de enxaqueca ocorram no trabalho, é preciso tomar medidas que auxiliem nesse sentido. Por isso, aproveite as dicas abordadas neste conteúdo para saber o que fazer para prevenir esse tipo de situação.

O que vem a ser a enxaqueca?

Durante a vida, qualquer pessoa está sujeita a ter dores, em diferentes partes do corpo. No entanto, da mesma forma que se procura fazer preenchimentos faciais para resolver questões estéticas, é preciso buscar auxílio para resolver uma enxaqueca.

Enxaqueca, que também é chamada de hemialgia, é um tipo de dor de cabeça que pode ser classificada como moderada ou forte, sendo também acompanhada por outros sintomas, tais como:

  • Sensibilidade ao som;
  • Sensibilidade à luz;
  • Enjoos;
  • Náuseas.

De maneira geral, a enxaqueca é sentida em um dos lados da cabeça. Ou ainda, pode ser sentida em uma determinada região, o que configura uma dor mais localizada na cabeça.

No entanto, também existem casos em que o paciente sente a enxaqueca em ambos os lados. Nesse caso, ela pode ser também chamada de migrânea.

É válido ressaltar que existe uma diferença expressiva entre a dor de cabeça comum e a enxaqueca, que está justamente na questão do acompanhamento de outros sintomas. 

Muitos pacientes dizem que passam por crises de enxaqueca que são descritas como uma dor de cabeça moderada ou leve. Mas, o incômodo maior é causado pelos outros sintomas que acompanham o quadro. 

De qualquer forma, a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça, mas que apresenta outras características em paralelo e que pode ter uma durabilidade maior do que as dores de proporção mais leve. 

Quais são as principais causas da enxaqueca?

Quando se decide recorrer à instalação ar condicionado, isso ocorre depois que é identificado um problema, como a falta de circulação de ar em um ambiente ou para deixar um ambiente mais fresco e arejado.

Mas o diagnóstico só ocorre após a identificação da causa e, no caso da enxaqueca, é válido entender quais são os pontos que desencadeiam a doença e fazem com que o paciente passe a sentir dores. 

Uma possível causa para o surgimento da enxaqueca é o abuso no uso de medicamentos. Por isso, antes de tomar uma série de analgésicos que podem piorar o quadro, é essencial que o paciente busque ajuda médica. 

 

Há também a questão da alimentação feita em períodos desregulados. Ficar muito tempo sem comer faz com que os níveis de açúcar no sangue fiquem baixos, desencadeando o surgimento dos sintomas.

Além disso, comer mal é outro problema. Por isso, quem apresenta crises de enxaqueca deve evitar alguns tipos de alimento, como café, pimenta, bebidas alcoólicas, comida processada e outros itens semelhantes. 

Sendo assim, tal como uma limpeza de carpete empresarial que remove impurezas desse tipo de tapete, deixar de consumir produtos ruins ajuda a deixar o organismo mais limpo e mais funcional. 

Muitas pessoas que passam por crises de enxaqueca também apresentam um problema de saúde específico: a pressão alta. Vale lembrar que essa doença pode causar uma série de outros quadros, sendo fundamental tratar o problema o quanto antes.

Por fim, vale mencionar que outros problemas que costumam ser os causadores da enxaqueca são o estresse e a ansiedade, que costumam ser vividos pelas pessoas no trabalho. Por isso, buscar meios de contornar essas questões é essencial. 

Como evitar a enxaqueca no trabalho

Não importa qual seja área em que atua um profissional no mercado, seja com qualificação instalação em equipamentos ou com contabilidade, é fundamental que a rotina seja o mais leve e organizada possível. 

Esse simples cuidado com o dia a dia pode ser um fator determinante para que um paciente consiga evitar ter enxaqueca no trabalho. Conheça a seguir algumas dicas que ajudam nesse processo. 

1. Ficar atento à postura

É comum que as pessoas passem muitas horas em frente ao computador, ou mesmo em outras posições que não sejam tão confortáveis. Isso acaba ocasionando tensões musculares que podem gerar dores de cabeça.

Quando isso acontece, é fundamental estar atento à postura durante o período em que se está trabalhando, de maneira a evitar certas posturas que são responsáveis por causar dores e, em casos mais sérios, causar lesões musculares. 

2. Evitar excesso de força em atividades simples

Assim como muitas pessoas preferem contratar uma empresa de limpeza de vidros em altura para ter maior segurança na realização dessa demanda, é preciso ter cuidado para realizar algumas atividades simples, mas que passam despercebidas em alguns momentos.

A digitação no teclado e os cliques feitos no mouse são um exemplo disso. Quem costuma depender desses equipamentos no dia a dia acaba exagerando no excesso da força utilizado para essas pequenas ações, prejudicando-se sem saber. 

Esse cuidado simples pode contribuir para evitar dores de cabeça que se transformam em crises de enxaqueca no trabalho. Portanto, esteja atento a isso.

3. Use óculos em vez de lentes de contato

Da mesma maneira que um serviço de entrega com fiorino é ideal para encomendas grandes, usar óculos é melhor indicado do que usar lentes de contato para quem passa muitas horas em frente a um monitor. 

Isso acontece porque a exposição à tela por um longo período de tempo acaba causando o ressecamento dos olhos, e o uso de lentes de contato nessas condições pode resultar em dores de cabeça.

Sendo assim, não pense duas vezes ao utilizar os óculos para realizar maiores demandas de trabalho, evitando assim o ressecamento dos olhos e prevenindo o problema das crises de enxaqueca mais facilmente. 

4. Ajuste as configurações do monitor

No ambiente de trabalho, é essencial que todos os equipamentos e a mesa estejam adequados ao uso durante o período comercial. Isso quer dizer que a altura do monitor, por exemplo, deve estar devidamente alinhado com a postura, para evitar dores futuras.

Além disso, características como o contraste e a nitidez também impactam diretamente os olhos, o que pode gerar dores de cabeça no período de trabalho. Por isso, nada mais adequado do que configurar o equipamento para um uso mais seguro. 

5. Faça pausas para descansar

Para aliviar a musculatura e para evitar cansar demais a visão, o indicado é sempre fazer pequenas pausas durante o expediente, justamente para evitar problemas relacionados à enxaqueca. 

Isso é tão importante quanto realizar a pintura interna automotiva periodicamente, afinal, é possível devolver as características originais do carro de tempos em tempos.

Sendo assim, para se recuperar fisicamente e poder voltar ao trabalho de modo mais eficiente, organize o horário para ter pausas que ajudem a prevenir as dores de cabeça que evoluem para crises de enxaqueca.

Considerações finais

Muitas pessoas possuem tendência a ter dores de cabeça. No entanto, algumas situações do dia a dia podem ser responsáveis por causar crises de enxaqueca, como é o caso de quem passa por altos níveis de estresse e ansiedade no trabalho.

Sendo assim, é fundamental buscar maneiras de evitar a situação, tanto pelo incômodo que ela causa quanto pela improdutividade que uma crise de enxaqueca é capaz de causar ao paciente.

Portanto, não deixe de seguir as dicas abordadas neste conteúdo, que podem ser fundamentais para prevenir dores de cabeça fortes, ajudando inclusive a construir uma rotina de trabalho mais produtiva e com menores impactos negativos. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.