Vai começar uma nova dieta? Consulte um dentista

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Todo mundo já prometeu começar uma nova dieta em uma segunda-feira qualquer, ou até cortar algum alimento da lista de compras para melhorar a sua saúde. Para isso, existe um conjunto de profissionais que estão ali para melhorar a alimentação.

 

Com toda certeza, dá para lembrar do nutricionista, endocrinologista e talvez até mesmo um nutrólogo, mas você sabia que além disso, é também muito importante fazer uma visita a uma clínica odontologica?

 

Procurar um dentista na hora que houver mudanças na alimentação também é necessário e orientado. Desse modo, acompanhe esse artigo para entender o porquê disto.

Porque é importante conversar com o dentista sobre uma nova dieta?

Quando vamos nos alimentar, começamos pela boca. Com isso, ao alterarmos qualquer tipo de comida que colocamos dentro dela, pode causar um impacto tanto positivo quanto negativo. 

 

Para quem já precisou passar por algum processo de implante ou prótese, mesmo que tenha realizado o procedimento em uma das melhores clínicas de implantes dentários sp sabe que todo cuidado com a alimentação é pouco.

 

Nesse caso, há um procedimento que deixa o local exposto e com isso, consumir alimentos inadequados podem afetar o processo de cicatrização. 

 

Entretanto, mesmo numa boca saudável, existem alimentos que proliferam mais quantidades de microrganismos ou que contém acidez suficiente para desgastar o dente ou ferir a gengiva.

 

Caso se consulte com um dentista especialista em gengiva, ele certamente irá avaliar sua saúde bucal e listar alimentos que são positivos ou negativos dentro de uma dieta. 

 

Inclusive, há a indicação de que a maçã é uma excelente fruta a se consumir, pois auxilia na limpeza dos dentes devido ao atrito dele com a textura do alimento, que é rígida.

Como uma dieta pode prejudicar a saúde bucal?

Caso o seu objetivo seja perder peso, talvez você não esteja pensando na sua saúde bucal, porém é importante manter o equilíbrio, visto que o corpo funciona como uma máquina. 

 

Ou seja, a alimentação é o nosso combustível, e os nutrientes funcionam como aditivos que conservam ou danificam as peças.

 

Dessa forma, a falta de uma alimentação equilibrada ou de uma dieta alinhada com sua saúde bucal pode causar diversos malefícios, como:

 

  • Cárie dentária
  • Erosão Dentária
  • Infecções na gengiva
  • Escurecimento dos dentes

 

Desse modo, não deixe de sempre realizar uma visita a um consultório dentista. Faça isso de forma periódica, para alinhar suas necessidades nutricionais com sua saúde bucal.

Como manter uma dieta saudável para manter uma boa saúde bucal?

O ideal é investir nos alimentos certos, como por exemplo, aqueles que são ricos em vitamina D que auxilia os ossos e os dentes a absorverem o cálcio com maior facilidade. 

 

Uma vez que sabemos que esse é um componente necessário e de muito valor para que não precise ir em uma clínica de implantes.

 

As opções que contém vitamina D são variadas, mas para quem gosta de frutos do mar, salmão, sardinha e até mesmo o atum são ótimas escolhas. 

 

Portanto, vale a pena conversar com o seu nutricionista para que eles estejam presentes na sua dieta, pois também podem ser grandes aliados na perda de peso.

 

A vitamina C, além de ser boa para quadros gripais e aumento da imunidade do nosso organismo, também oferece uma propriedade para fortalecer nossa gengiva.

 

Por esse motivo, vale muito a pena investir em alimentos como tomate, morango, cenoura e ervilhas.

 

Um outro ponto de atenção, é que o consumo de abacaxi e laranja podem causar erosão dentária devido ao desgaste natural do dente. Isso acontece porque essas frutas, apesar de serem ricas em vitamina C, também contém muito ácido.

 

Existe também uma categoria de comidas chamadas detergentes. Eles são alimentos que quando incluídos na dieta ajudam a eliminar os resíduos e mantêm os dentes mais limpos por mais tempo.

 

Os alimentos detergentes estão enquadrados entre todas as categorias, como castanhas e oleaginosas. 

 

Com isso, elas impedem que as comidas fiquem retidas nos dentes. Além disso, existem outras opções que são os legumes e também proteínas.

 

O gengibre também ajuda a combater infecções bucais, já que assim como o chá verde, são duas opções que auxiliam na manutenção da saúde da gengiva, além de proteger os dentes e evitar o mau hálito.

 

Em resumo, lembre-se de investir em cuidados multidisciplinares e alinhar o tratamento dentário a uma dieta rica em nutrientes e equilibrada, porque traz muitos benefícios ao corpo, ajudando a eliminar a gordura indesejada e mantendo a saúde da nossa boca.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Leia também: