Infecção vaginal por fungos: causas e tratamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
infecção vaginal
90 / 100

Causar uma infecção por fungos vaginal que tende a ser incômoda e irritante, entraremos em detalhes sobre as características e sintomas da infecção vaginal por fungos.

botao whatsapp do prime gourmet

Infecção vaginal por fungos: o que é?

A infecção mais comum é o fungo Candida albicans que ocorre quando há um enfraquecimento do sistema imunológico ou após uma série de circunstâncias que favorecem a proliferação excessiva desse fungo, naturalmente presente na flora intestinal e vaginal, estima-se que 3 em cada 4 mulheres sejam afetadas em algum momento de sua vida,

Apesar de não ser considerada uma doença sexualmente transmissível , o risco de infecção aumenta com qualquer tipo de relação sexual desprotegida, principalmente com contato entre a boca e os genitais. Se as medidas preventivas adequadas não forem tomadas, pode ser transmitida ao parceiro sexual. Esta infecção por fungos também pode ocorrer no pênis e escroto

As causas da infecção vaginal por fungos

A ação dos lactobacilos, por exemplo, evita a proliferação excessiva de fungos, quando esse equilíbrio é alterado, criam-se as condições ideais para a proliferação de alguns microrganismos, como o fungo Candida. A proliferação excessiva ou penetração de tal levedura nas camadas celulares mais profundas resulta em infecção vaginal por levedura. As principais causas desse transtorno são:

  • Alterações no equilíbrio da flora bacteriana: Tomar antibióticos para tratar outras infecções pode causar alterações na mucosa vaginal, levando à proliferação desta levedura.
  • Desequilíbrios hormonais: A infecção por fungos é mais comum em mulheres com altos níveis de estrogênio. Isso pode afetar tanto gestantes quanto aquelas submetidas a tratamento hormonal que estimule sua produção.
  • Sistema imunológico prejudicado por terapia com corticosteroides, HIV, obesidade, diabete ou câncer.
  • Alterações no pH vaginal. O pH básico facilita a proliferação de leveduras associadas a esta infecção.

Sintomas

Os sintomas mais comuns da infecção vaginal por fungos são:

  • Corrimento vaginal espesso, branco e geralmente inodoro
  • Pátina esbranquiçada e pastosa na vagina e na vulva.
  • Inflamação, coceira e irritação da vulva.
  • Dor ao urinar
  • Relação sexual problemática.
  • Úlceras ou feridas nos lábios vaginais.

Tratamento da infecção vaginal por fungos

Esta infecção pode ser facilmente curada em poucos dias com o uso de medicamentos antifúngicos

Caso você contraia uma infecção pela primeira vez, no entanto é necessário e é aconselhável consultar um médico para ser realizado uma avaliação cuidadosa e indicar como reconhecê-la no futuro e como trata la. É extremamente importante completar todo o tratamento e seguir corretamente as instruções de uso dos medicamentos de forma certa.

Tanto o sexo oral quanto o vaginal devem ser evitados, pois o atrito pode irritar ainda mais a área afetada

Medidas de prevenção

Entre as recomendações gerais para a prevenção da infecção vaginal por fungos, o que deve ser feito:

  • Use roupas íntimas de algodão, sem corantes.
  • Troque tampões e absorventes com frequência.
  • Intensifique as formas de higiene pessoal durante o período menstrual.
  • Caso tenha relações procure fazer o uso de sex free camisinha.
  • Evite o uso de sabonetes e perfumes agressivos nas partes íntimas.
  • Limite o consumo de açúcar.
  • Levar um estilo de vida saudável  através de uma dieta equilibrada e atividade esportiva regular.

Não subestime os sintomas

A infecção vaginal por fungos não é uma doença sexualmente transmissível (DST)

Por isso, é fundamental ter cuidado e tomar medidas de proteção, como camisinha , durante a relação sexual. Nos primeiros sintomas, é importante entrar em contato com seu médico para receber o tratamento adequado.

Os mecanismos utilizados pelas espécies fúngicas de  Candida para  infectar e como as células do epitélio vaginal se defendem foram descobertos através do uso de métodos de bioinformática. O estudo abre as portas para diagnosticar e combater a infecção vaginal por fungos de forma mais rápida e eficaz.

Candidíase É uma doença muito difundida no mundo que afeta 8 em cada 10 mulheres em algum momento de sua vida (138 milhões de mulheres por ano), um grave problema de saúde global que geralmente não é dada a importância que realmente tem, talvez porque é aquele que afeta principalmente as mulheres.

A candidíase pode causar coceira na vagina e na vulva, irritação, ardor, dor e corrimento esbranquiçado ou acinzentado com textura semelhante ao leite coalhado sendo caracterizada pela inflamação da mucosa vaginal causada pelo crescimento descontrolado de fungos que costumam habitar a vagina epitélio. Por isso sempre procure deixar os seus produtos íntimos higienizados, confira a melhor maneira de como limpar os seus produtos de sex shop online.

SAÚDE ÍNTIMA DAS MULHERES

Desconforto vaginal a frequência e o desconforto prejudicam a vida pessoal e conjugal e afetam a autoestima das mulheres que sofrem com isso. No entanto, apenas uma em cada quatro mulheres consulta seu ginecologista e pensa que está buscando ativamente uma solução, provavelmente porque tem vergonha de falar sobre seus sintomas porque desconhece que atualmente existem tratamentos muito eficazes.

Leia também:

botao whatsapp do prime gourmet